Ruben estreia-se a titular no adeus à Liga Europa

  • Crónica

 

© Maisfutebol (editado)


Uma vitória que não chegou para o apuramento, mas que serve para o SC Braga despedir-se de cabeça bem levantada da competição na qual foi finalista vencido na época passada. Lima fez o golo que valeu o triunfo em Istambul, insuficiente porém para a reviravolta na eliminatória, face à derrota por 0-2 no encontro da primeira mão.

 

A equipa minhota entrou muito bem em campo, perante o também muito português Besiktas mais na expectativa. Aos 20 minutos Rúben Amorim desperdiçou a primeira grande oportunidade, como que avisando para o que aí vinha.

 

Lima, após jogada de Alan pela direita, desviou para o golo, confirmando o bom momento de forma que atravessa. O camisola 18 teve nos pés, já na segunda parte, oportunidade flagrante para voltar a fazer o gosto ao pé, mas a bola, caprichosamente, saiu rente ao poste esquerdo da baliza turca.

 

O Besiktas, porém, também poderia ter marcado, uma vez que, após entrada de Hugo Almeida em campo (à passagem da meia hora), derivando Quaresma para as alas, a equipa de Carlos Carvalhal melhorou muito. Mas Quim também esteve em excelente plano.

 

A vitória, de qualquer forma, assenta bem à equipa de Leonardo Jardim, que fez o último quarto de hora com toda a carne no assador (leia-se Alan, Lima, Nuno Gomes e Carlão). Mas não foi suficiente, o mal já vinha da derrota da semana passada.

In: A Bola

 

© Daylife (editado)
 

Besiktas: Cenk Gonen; Toraman, Tomas Sivok, Kormaz, Kayhan; Necip Uysal, Fabian Ernst; Kaylak, Manuel Fernandes, Simão; Ricardo Quaresma.
Ainda jogaram: Hugo Almeida (Necip Uysal, 33min), Ekrem Dag (Kayhan, 68min) e Sidnei (Ricardo Quaresma, 90).
Golos: -
Cartões Amarelos: Fabian Ernst (59min) e Ekrem Dag (85min).
Cartões Vermelhos: -

 

Sp. Braga: Quim; Leandro Salino, Douglão, Nuno André Coelho, Elderson; Ruben Amorim, Djamal, Hugo Viana; Alan, Lima, Paulo César.
Ainda jogaram: Carlão (Paulo César, 72min), Nuno Gomes (Ruben Amorim, 78min) e Custódio (Djamal, 85min).
Golos: Lima (25min).
Cartões Amarelos: Leandro Salino (80min) e Douglão (90min).
Cartões Vermelhos: -

 

  • Avaliações

 

© Maisfutebol (editado)
 

Record (4)

Uma actuação que fica manchada pelo golo, aparentemente, fácil que falhou à passagem do minuto 20. A intranquilidade voltou a revelar-se em mais um mau remate, aos 60', mas até aí, foi útil na pressão alta, dando à meia direita maior capacidade de transporte de bola. Foi "pegando" em Manuel Fernandes, ele que tinha sido o grande herói do jogo na 1.ª mão!

 

O Jogo (6)

Boa estreia a titular com a camisola do Braga, combinando a preceito com Hugo Viana e os avançados. Falhou o golo isolado aos 20 minutos.

 

  • Declarações

 

«Enganaram-se em Braga e marcaram dois»

 

© Maisfutebol (editado)
 

Ruben Amorim foi titular pela primeira vez e mostrou que está em Braga para somar. O médio emprestado pelo Benfica estava triste com o desfecho da eliminatória mas orgulhoso na forma como a equipa se comportou em Istambul. "Não é fácil fazer um jogo destes num ambiente de tanto apoio à equipa da casa e a verdade é que não só podíamos ter marcado 2 golos como penso que merecíamos ter vencido por 3-0,tantas foram as oportunidades que criamos", desabafou.

 

"Infelizmente, muito desta eliminatória foi decidido no jogo de Braga, onde ficamos reduzidos injustamente a dez unidades, mas continuámos a jogar bem. Só que o Besiktas enganou-se e marcou 2 golos", desenvolveu. "Demos uma grande resposta neste jogo de Istambul mas foi pena não termos conseguido seguir em frente pois temos qualidade para continuar na competição", concluiu o médio de 27 anos.

 

In: Record

publicado por Frederica às 19:48
link do post | comentar