Derrota (1-2) com Olhanense no regresso de Ruben Amorim

  • Crónica

 

© Desporto Sapo

 

O Sp. Braga perdeu 1-2 na receção ao Olhanense, nesta sexta-feira, no arranque da 28ª e antepenúltipa jornada da Liga.

 

Foi a terceira derrota dos minhotos nos últimos quatro jogos (além de Benfica e FC Porto), que vinham de um empate na Mata Real.

 

Já o Olhanense consegue a segunda vitória seguida em dia de centenário e atinge, pela primeira vez, os 35 pontos na sua história.

 

Nuno André Coelho abriu o marcador aos 19 minutos, mas, na segunda parte, Cauê (57min) e Dady (74min) assinaram a reviravolta.

 

In: Maisfutebol

 

© Desporto Sapo

 

Sp. Braga: Quim; Miguel Lopes, Douglão, Nuno André Coelho, Elderson; Ruben Amorim, Custódio, Hugo Viana; Alan, Lima e Hélder Barbosa.
Ainda jogaram: Nuno Gomes (Ruben Amorim, 65min), Paulo César (Hélder Barbosa, 75min) e Ukra (Elderson, 82min).
Golos: Nuno André Coelho (19min).
Cartões Amarelos: -
Cartões Vermelhos: Douglão (77min).

 

Olhanense: Fabiano; Vasco Fernandes, Mexer, André Pinto, Vítor Vinha; Jander, Fernando Alexandre, Cauê; Toy, Dady e Wilson Eduardo.
Ainda jogaram: Vítor Vinha (Rui Duarte, 38min), Maurício (Jander, 76min) e Yontcha (Dady, 82min).
Golos: Cauê (57min) e Dady (74min).
Cartões Amarelos: Toy (63min), Jander (64min) e Fabiano (86min).
Cartões Vermelhos: -

 

  • Avaliações

 

© Desporto Sapo

 

Record (2)

Maior poder de recuperação do que é normal na zona do meio-campo, mas também menor criatividade. Intermitente na entrega de bola, cedose percebeu que as pilhas não devam para mais e saiu pouco depois do 1-1.

 

O Jogo (4)

Até teve um início prometedor, com um tiro que saiu ligeiramente ao lado da baliza de Fabiano, só que a partir daí foi perdendo gás, natural para quem já não jogava há algum tempo. Foi o primeiro a sair.

 

Destaque Maisfutebol

A paragem de um mês fez-se notar apenas na segunda parte. Enquanto as pernas permitiram, Rúben Amorim revelou o esclarecimento do costume, movimentando-se muito bem e aparecendo vezes várias na zona de remate. Surpresa guardada por Leonardo Jardim para a substituição do castigado Márcio Mossoró. Aos 65 minutos disparou para as nuvens uma bola fácil. Aposta ganha, lá está, principalmente pelo que fez até ao intervalo.

publicado por Frederica às 23:20
link do post | comentar