Quarta-feira, 31 De Dezembro,2008

Feliz Ano Novo!

  • Curiosidades

 

 

O Blog RubenAmorim deseja a todos os Benfiquistas e/ou visitantes, um excelente 2009! Que o novo ano nos traga mais momentos de felicidade, gritos de golo, instantes arrepiantes, lágrimas de emoção e vitórias que nos levam ao rubro.

 

Acabamos 2008 fazendo um balanço de alguns momentos especiais do Ruben, deste ano.

 

 

- Primeiro jogo na Liga 2007/08

 

Naval 1 x 1 Belenenses

20 de Agosto de 2007

 

- Estreia Europeia (Taça UEFA 2007/08)

 

Bayern Munique 1 x 0 Belenenses

20 de Setembro de 2007

 

- Autogolo na Liga 2007/08

 

V. Setúbal  1 x 1 Belenenses

30 de Novembro de 2007

( veja o golo aqui )

 

- Último jogo na Luz com a camisola do Belenenses

 

Benfica 2 x 0 Belenenses

26 de Abril de 2008

 

- Último jogo pelo Belenenses

 

 

Nacional 1 x 2 Belenenses

10 de Maio de 2008

 

- Apresentação na Luz

 

 

07 de Julho de 2008

 

- Primeiro jogo pelo Benfica

 

 

Estoril 1 x 1 Benfica

19 de Julho de 2008

 

- Primeiro derby

 

Benfica 0 x 2 Sporting

27 de Julho de 2008

 

- Primeiro jogo na Liga 2008/09

 

Rio Ave 1 x 1 Benfica

24 de Agosto de 2008

 

- 100º jogo

 

Benfica 2 x 0 Sporting

27 de Setembro de 2008

 

- Estreia na UEFA pelo Benfica

 

Benfica 2 x 0 Nápoles

02 de Outubro de 2008

 

- Primeiro golo pelo Benfica

 

 

Académica 0 x 2 Benfica

23 de Novembro de 2008

( veja o golo aqui )

 

FELIZ 2009!

publicado por Frederica às 19:47
link do post | comentar | ver comentários (4)
Sábado, 27 De Dezembro,2008

5 Perguntas a Ruben Amorim

  • Entrevista

 

Luís Alexandre, Sócio nº116.708, Natural de Odemira, no Alentejo, morador em Lisboa, teve a oportunidade de fazer o papel de entrevistador, ficando a saber um pouco mais sobre o médio do Benfica.

 

© Alvaro Isidoro

 

1. Quais as principais diferenças entre o Benfica e o teu clube anterior?

 

Mais qualidade de trabalho, uma maior pressão e, não por ser diferente, mas porque me surpreendeu, encontrei pessoas simples na forma de estar.

 

2. Consideras o Benfica um clube de nível mundial?

 

Considero, não só por ser o meu clube de coração, mas porque é conhecido em todo o mundo, tem o maior número de sócios, ganhou títulos europeus e manteve-se sempre como um "grande" na Europa.

 

3. Ambicionas chegar à selecção nacional?

 

Todos têm essa ambição. Jogando no Benfica torna-se mais fácil, mas não é uma dor de cabeça.

 

4. Qual é a tua posição preferida?

 

É como médio-centro, mas cada vez me sinto melhor a jogar nas alas. Abre-me outras possibilidades na equipa. Mas o que gosto mesmo é de jogar.

 

5. O que sentiste quando marcaste o teu primeiro golo pelo Benfica, em Coimbra?

 

Como sempre fui adepto, vivi de forma emocionada o momento. Dedico o golo aos meus colegas, pois todos contribuiram. Que seja um momento a repetir.

 

In: Revista Mística, Janeiro 2009

(adaptado)

publicado por Frederica às 16:59
link do post | comentar
Quarta-feira, 24 De Dezembro,2008

Feliz Natal!

  • Curiosidades

 

O BlogsRubenAmorim deseja a todos os Benfiquistas e/ou visitantes do nosso Blog

 

 

um FELIZ NATAL!

publicado por Frederica às 19:41
link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 23 De Dezembro,2008

Por um apito...

  • Crónica

 

© Daylife

 

Mas que se passa? O primeiro lugar, outrora o mais desejado por todos, parece agora pouco atractivo. Primeiro foi o Sporting a desperdiçar a oportunidade de chegar lá à frente. Seguiram-se o Leixões e o F.C. Porto, que entregaram a liderança de bandeja ao Benfica. A fechar a ronda, a equipa de Quique Flores não conseguiu fazer melhor do que os adversários directos e também não foi além de um empate diante do Nacional.

 

O Benfica partiu para esta ronda, no início da semana, com uma missão bem delineada: vencer o Nacional para virar o ano no primeiro lugar. No entanto, os adversários directos baralharam tudo no fim-de-semana, entregando a liderança de mão beijada e diluindo o objectivo dos encarnados. O título de campeão de Inverno estava garantido e a possibilidade de reforçar a vantagem parece que nunca foi tónico suficiente para motivar os homens de Quique esta noite.

 

O Benfica até entrou determinado com um meio-campo de força, com Katsouranis e Yebda no miolo, Ruben Amorim sobre a direita e Di Maria a fazer de Reyes no lado contrário. Na frente, Cardozo voltou a ser primeira opção para fazer companhia a Suazo. Ao ritmo dos impulsos de Di Maria e apoiados nas constantes movimentações de Suazo e Cardozo na área, o Benfica parecia assumir o estatuto de líder diante de um Nacional que entrou na expectativa, recuado sobre a sua defesa.

 

No entanto, assim que o Nacional ganhou alguma confiança e tentou sair a jogar, colocou em evidência uma enorme lacuna no desenho dos encarnados. Havia um espaço enorme a separar Yebda e Katsouranis de Suazo e Cardozo. Uma clareira que os madeirenses souberam rentabilizar, organizando aí o seu jogo para a saída de rápidos contra-ataques. Com o Benfica partido em dois, o Nacional foi crescendo, fazendo descair o seu ataque sobre a esquerda, colocando Maxi em dificuldades. Num desses lances, os madeirenses invadiram o meio-campo encarnado numa proporção de quatro para dois. Valeu ao Benfica um corte precioso de Luisão a anular a ameaça.

 

© Daylife

 

Pelo meio, Quique foi obrigado a trocar Sidnei (lesionado) por Miguel Vítor, mas, ao intervalo, estava obrigado a mexer mais para corrigir a lacuna que parecia evidente. O técnico espanhol decidiu esperar mais alguns minutos e, por muito pouco, não pagou caro por isso. No primeiro lance do Nacional, os madeirenses trocam a bola na referida clareira, evoluíram em tabelinhas até libertarem Edson na área. O avançado atirou cruzado e Maxi, em carrinho, desviou para o poste. A bola esteve a escassos centímetros de se transformar em golo. Logo a seguir foi Ruben que surgiu destacado na área para, só com Moreira pela frente, atirar por cima.

 

Ilusão de Aimar, entra Nuno Gomes

 

A situação parecia estar a ficar incontrolável quando Quique chamou Aimar, animando desde logo as bancadas. Falso alarme. O argentino foi sentar-se no banco. No meio do caos, o Benfica quase chegou ao golo: Katsouranis levantou a bola para a área, Suazo amorteceu para a entrada de Ruben Amorim que, com as redes à disposição, atirou por cima. Logo a seguir, na sequência de mais um canto, forte cabeçada de Luisão a obrigar Bracali a grande defesa junto ao relvado. Mais um pontapé de Di Maria e as bancadas renderam-se, redobrando o apoio à equipa, mas no relvado persistiam os problemas.

 

© ActionImages

 

Foi então, aos 67 minutos, que Quique mexeu finalmente na equipa, prescindindo de Di Maria par reforçar o ataque com Nuno Gomes, mudando o desenho para um clássico 4x3x3. O buraco no meio foi, finalmente, preenchido, com Nuno Gomes a jogar nas costas dos avançados, e Ruben Amorim a aproximar-se mais de Katsou e Yebda. Mas os minutos corriam céleres e os encarnados jogavam mais com o coração do que com a cabeça. Já em tempo de descontos, o caso do jogo: Miguel Vítor caiu na área, foi atingido por uma bola na mão e Cardozo atirou a contar. Pedro Henriques, no entanto, não contou e marcou falta do central. O ano acaba, assim, com os quatro primeiros a fazerem cerimónia para se chegarem à frente.

 

In: Maisfutebol

 

Benfica: Moreira; Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Jorge Ribeiro; Ruben Amorim, Katsouranis, Yebda, Di María; David Suazo, Cardozo.

Ainda jogaram: Miguel Vítor (Sidnei, 29min), Nuno Gomes (Di María, 68min) e Urreta (Ruben Amorim, 84min).

Golos: nada a assinalar.

Cartões Amarelos: Katsouranis (43min), Yebda (47min).

Cartões Vermelhos: Nuno Gomes (final do jogo).

 

Nacional: Bracalli; Patacas, Halliche, Felipe Lopes, Alonso; Cléber Oliveira, Edson Sitta, Luiz Alberto, Ruben Micael; Nenê, Mateus.

Ainda jogaram: Juninho (Edson Sitta, 69min), Igor Pita (Ruben Micael, 75min) e Nuno Pinto (Mateus, 81min).

Golos: nada a assinalar.

Cartões Amarelos: Edson Sitta (32min), Alonso (45min e 78min), Cléber Oliveira (71min) e Luiz Alberto (87min).

Cartões Vermelhos: Alonso (78min, por acumulação de amarelos 45min e 78min).

 

  • Avaliações

 

© Maisfutebol

 

"Intermitente no seu desempenho, também não se entendeu com Di María e Suazo. Aos 62' falhou uma excelente ocasião de golo, após toque de Suazo. (2)", In: Record

 

"O jogo pedia um andamento mais elevado, mas o 15 esteve demasiado posicional. E, aos 62', ainda falhou aquela que foi, porventura, a melhor ocasião de golo das águias. (4)", In: O Jogo

 

  • Declarações

 

«Ninguém percebe o golo anulado»

 

© Miguel A. Lopes

 

Ruben Amorim, médio do Benfica, em declarações após o jogo com o Nacional, da 12ª jornada da Liga, que terminou num nulo. O árbitro Pedro Henriques anulou um golo aos encarnados já nos descontos, por alegada mão de Miguel Vítor:

 

«Não sei o que nos faltou, houve alguma precipitação na primeira parte, mas no segundo tempo jogámos bem, fizemos um golo que nem eu nem ninguém percebe porque é anulado. Temos muito a trabalhar para melhorar como equipa, mas estamos em primeiro.»

 

[Comentando o desempenho do árbitro] «Não ligo muito a isso porque não faz parte do meu trabalho. Não percebi o golo anulado, não se compreendem algumas situações. Assim é difícil, podíamos estar mais confortáveis na classificação»

 

[Sobre se há motivos para festejar, uma vez que o Benfica chega ao Inverno à frente] «Não ganhámos nada e há muito campeonato pela frente. Como se viu esta jornada, a Liga é forte e equilibrada. Estando em primeiro, temos vantagem sobre os outros.»

 

In: Maisfutebol

publicado por Frederica às 14:04
link do post | comentar
Domingo, 21 De Dezembro,2008

Lista de Convocados para o jogo com o Nacional

  • Antevisão

 

© Isabel Cutileiro

 

Tal como deixou antever o treino do sábado, o internacional espanhol Reyes não recuperou do respectivo problema e ficou de fora da lista de convocados do Benfica para o desafio, de segunda-feira, frente ao Nacional, referente à 12.ª jornada da Liga portuguesa.


Os problemas físicos que Reyes tem vindo a apresentar fizeram com que Quique Flores deixasse o extremo espanhol fora das suas escolhas. Enquanto, Jorge Ribeiro, recuperado da sua lesão, e Ruben Amorim, que falhou o último jogo, estão de volta aos eleitos do técnico espanhol.

Quim, por opção, e Carlos Martins, lesionado, não encontram na lista de convocados.

LISTA DE CONVOCADOS

Guarda-redes: Moreira e Moretto;
Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Miguel Vítor, David Luiz e Jorge Ribeiro;
Médios: Katsouranis, Binya, Yebda, Balboa, Ruben Amorim, Urreta, Di Maria e Aimar;

Avançados: Cardozo, Nuno Gomes e Suazo.

 

In: A Bola

publicado por Frederica às 17:05
link do post | comentar | ver comentários (2)
Quarta-feira, 17 De Dezembro,2008

Ruben Amorim de fora dos convocados para a recepção ao Metalist

  • Antevisão

 

© Isabel Cutileiro

 

A presença de Di María no lote de convocados para o jogo com o Metalist (última jornada do Grupo B da Taça UEFA) é a principal novidade em vésperas do jogo da Luz, que se realiza quinta-feira, às 19h45.

O argentino está novamente às ordens de Quique Flores, após várias semanas em que recuperou de uma lesão. O técnico espanhol chamou ainda Fellipe Bastos, tendo ficado Reyes, Ruben Amorim e Makukula de fora da lista dos convocados, depois de terem sido opção ante o Leixões.

De notar que Carlos Martins realizou, no último treino antes do jogo, tratamento, trabalho de ginásio e corrida, enquanto Jorge Ribeiro realizou aquecimento com a equipa e treino individual. Ambos ainda não estão entre o lote dos eleitos, tal como Léo, que continua ausente por motivos familiares.

LISTA DE CONVOCADOS


Guarda-redes: Moreira e Moretto;

Defesas: Luisão, Maxi Pereira, David Luiz, Sidnei, Miguel Vítor;

Médios: Fellipe Bastos, Di María, Katsouranis, Aimar, Balboa, Urreta, Binya, Yebda;

Avançados: Cardozo, Nuno Gomes e Suazo.

 

In: SLBenfica.pt

publicado por Frederica às 21:29
link do post | comentar
Domingo, 14 De Dezembro,2008

Leixões elimina Benfica da Taça de Portugal

  • Crónica

 

© Luís Vieira

 

Quase três horas de futebol resolvidas num remate defendido por Beto. No desempate por grandes penalidades, o guarda-redes do Leixões interceptou com categoria o pontapé de Reyes e atirou o Benfica para fora da Taça de Portugal. O momento em Matosinhos é de júbilo; na Luz, por outra, de reflexão. Os encarnados saem da Taça de Portugal e na Taça UEFA só um milagre lhe valerá. Resta-lhe a Liga e a Taça da Liga.

 

O dilúvio anunciava uma carga de trabalhos. Para as duas equipas. Muita chuva, relva pesada, poucos espaços disponíveis para jogar futebol. Luta a rodos, competitividade salutar e dois 4x4x2 alicerçados de forma distinta.

 

No Leixões, a estrutura habitual. Braga e Diogo Valente como homens de ataque, mas sempre em busca de zonas laterais e cruzamentos para a entrada de Wesley. Por parte do Benfica, uma dificuldade enorme precisamente na lateralização do jogo.

 

Do lado direito, Maxi Pereira estava essencialmente ocupado e preocupado com Diogo Valente, endiabrado esta noite. À sua frente, Ruben Amorim nunca terá características para jogar na linha e procurava sempre zonas mais interiores. No flanco oposto, o lateral adaptado David Luiz e Reyes, Este último sim, o único que tentava chegar à linha de fundo e efectuar cruzamentos.

 

Suazo e Aimar anulados

 

© Maisfutebol

 

A movimentação dos peões parecia competente de parte a parte, mormente nos momentos defensivos. Daí que ao longo de todo o primeiro tempo, a única real oportunidade de golo tenha surgido para o Benfica e no seguimento de um lance de bola parada. Beto, em grande forma, respondia assertivamente ao remate de Sidnei.

 

Não se julgue, todavia, que o Leixões estava pior. Bem pelo contrário. A equipa de José Mota controlava as operações e anulava com facilidade as armas de ataque do Benfica. Perante uma defesa média/baixa, Suazo tinha pouco terreno para galgar nas costas de Elvis e Joel; Aimar, por seu turno, era engolido pela competência de Bruno China e Roberto Souza.

 

O zero a zero ao intervalo aceitava-se.

 

Quique não acerta nas substituições

 

© Maisfutebol

 

Ainda que intermitente, o Benfica melhorava no período inicial da segunda parte. Katsouranis e Binya começavam a controlar a zona central do relvado e por instantes o Leixões parecia cair abruptamente. Mas Quique Flores teve azar nas substituições.

 

A equipa reagia mal às entradas de Balboa e Nuno Gomes, descia vertiginosamente de produção e o Leixões aproveitava. De um momento para o outro, Wesley decidia aparecer na partida e a qualidade de jogo dos homens de Matosinhos saía beneficiada, naturalmente.

 

De qualquer forma, os dois guarda-redes raramente eram incomodados. Moretto, um regresso anunciado com pompa e circunstância após longa ausência, ainda largava um remate de Hugo Morais para a frente, mas a jogada acabava mesmo por se perder nas luvas do brasileiro.

 

Perante tanto equilíbrio, só podia mesmo haver prolongamento. Mesmo depois de Nuno Gomes e Suazo terem aparentemente a baliza do Leixões à mercê já minutos depois dos 90.

 

Tudo decidido nas luvas de Beto

 

© Maisfutebol

 

No prolongamento, nada de novo. Boas intenções, muito músculo, os pratos da balança sempre equilibrados e como consequência a decisão final arremessada para as grandes penalidades.

 

E aqui, já com a chuva impiedosa a lançar-se sobre os decisores, a fava saía a Reyes. Nos nove primeiros pontapés de castigo máximo todos marcavam. Ao décimo, o remate do espanhol encontrava as luvas da competência de Beto.

 

O Leixões está nos oitavos-de-final da Taça de Portugal. O Benfica sai de cena na prova.

 

Leixões: Beto; Vasco Fernandes, Joel, Elvis e Laranjeiro; Roberto Sousa, China e Hugo Morais; Braga, Wesley e Diogo Valente.

Ainda jogaram: José Manuel (Diogo Valente, 73min), Chumbinho (Braga, 97min) e Sandro (Joel, 106min).

Golos: nada a assinalar.

Cartões Amarelos: Elvis (53min).

Cartões Vermelhos: nada a assinalar.

Grandes penalidades: Wesley (marcou), Zé Manuel (marcou), Hugo Morais (marcou), Laranjeiro (marcou), Chumbinho (marcou).

 

Benfica: Moretto; Maxi, Luisão, Sidnei e David Luiz; Ruben Amorim, Binya, Katsouranis e Reyes; Aimar e Suazo.

Ainda jogaram: Balboa (Ruben Amorim, 65min), Nuno Gomes (Aimar, 68min) e Cardozo (Suazo, 109min).

Golos: nada a assinalar.

Cartões Amarelos: David Luiz (45+1min), Binya (66min), Reyes (88min), Sidnei (102min) e Nuno Gomes (112min).

Cartões Vermelhos: nada a assinalar.

Grandes penalidades: Cardozo (marcou), Katsouranis (marcou), Nuno Gomes (marcou), David Luiz (marcou), Reyes (falhou).

  • Avaliações

 

 

"A um leigo passa sempre despercebido o seu trabalho. Correu quilómetros na tentativa de preencher o espaço, mas nem sempre deixou Maxi com as constas quentes. (2)", In: Record

 

"Único português no onze inicial, não honrou a bandeira. Passou 64' a entregas bolas aos adversários. (4)", In: O Jogo

publicado por Frederica às 17:52
link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 12 De Dezembro,2008

Lista de Convocados para a Taça de Portugal

  • Antevisão

 

 

© Isabel Cutileiro

 

A entrada do avançado Makukula é a única novidade na lista de convocados do Benfica para o jogo de amanhã com o Leixões, em Matosinhos, referente aos oitavos-de-final da Taça de Portugal. O guarda-redes Quim voltou a ficar de fora.

 

Fora das opções de Quique Flores continuam os lesionados Carlos Martins, Jorge Ribeiro e Di María. O médio (mialgia na perna direita) efectuou tratamento e trabalho de ginásio, igual procedimento seguiu o lateral (estiramento na face posterior da perna esquerda) tendo concluído a sessão com corrida no relvado. O argentino (fissura no perónio) fez aquecimento com a equipa, tendo depois seguido para tratamento.

O encontro entre Leixões e Benfica, para os oitavos da Taça de Portugal, tem início marcado para as 20:45 horas de sábado.

LISTA DE CONVOCADOS

Guarda-redes: Moretto e Moreira.
Defesas: Maxi, Miguel Vítor, Luisão, David Luiz e Sidnei.
Médios: Binya, Katsouranis, Yebda, Ruben Amorim, Reyes, Balboa, Aimar e Urreta.
Avançados: Cardozo, Suazo, Makukula e Nuno Gomes.

   

 

In: A Bola

publicado por Frederica às 17:46
link do post | comentar
Terça-feira, 09 De Dezembro,2008

No regresso ao trabalho, Ruben Amorim fica no ginásio

  • Fora das quatro-linhas

 

© Record

 

O Benfica regressou esta terça-feira aos treinos após ter gozado um dia de folga. As baterias estão agora apontadas para o Estádio do Mar, onde no próximo sábado se disputa o mais importante jogo referente aos oitavos-de-final da Taça de Portugal.

Quique Flores orientou esta terça-feira de tarde um apronto em que Ruben Amorim realizou ginásio e gestão de esforço, enquanto Nuno Gomes foi autorizado a tratar de assuntos pessoais. Léo também continua ausente devido a motivos familiares.

Carlos Martins realizou tratamento e corrida, Jorge Ribeiro fez corrida e Di María acumulou tratamento, corrida e exercícios com bola.
Os jovens Vinicius e Ivanir participaram no treino. O próximo apronto está marcado para as 10h30 de quarta-feira no Caixa Futebol Campus.

 

In: SLBenfica.pt

publicado por Frederica às 21:51
link do post | comentar



Uma iniciativa criada a 9 de Outubro de 2008 com o objectivo de todos os fãs/adeptos poderem mandar a sua mensagem ao Ruben juntou mais de 50 comentários com opiniões diversas e pessoais, as quais agradecemos desde já e que poderá ver AQUI. Devido a actualizações (quase) diárias, o mesmo foi desaparecendo aos poucos e deixando de ser principal notícia no Blog. Não querendo deixar a oportunidade de o Ruben saber e ler a vossa opinião, visto que é visitante deste espaço dedicado a ele, poderá sempre mandar uma mensagem para AQUI.




«Antes de mais quero agradecer a todos pelo apoio que voces têm dado ao Benfica e principalmente a mim. Sinceramente não tenho muito jeito para estas coisas mas também não existem palavras para dizer a força que me transmitem quando leio o que escrevem. Dito isto quero que me desculpem mas tenho de mandar um beijo especial à Frederica e espero um dia estar à altura da imagem que tu tens de mim.
Em breve terei um site e quero que saibas que terás um papel bastante activo nele.. Isto se quiseres, claro. Desculpem não ser de muitas palavras mas mais uma vez OBRIGADO.
Ruben Amorim»
26 de Março de 2009




• Nome Completo:
Ruben Filipe Marques Amorim
• Clube Actual:
Sporting Clube de Braga (emp. SLB)
• Data de Nascimento:
27 de Janeiro de 1985
• Idade:
27 anos
• Local de Nascimento:
Lisboa, Portugal
• Altura:
1,80m
• Peso:
77kg
• Posição:
Médio
• Camisola:
Número 5



• Percurso:
Camadas Jovens Sport Lisboa e Benfica, CAC Pontinha, Ginásio de Corroios, Belenenses, Sport Lisboa e Benfica, Sporting de Braga (actual, por empréstimo)
• Estreia na 1ª Divisão:
14 de Dezembro de 2003
Belenenses 2 vs 0 Alverca
1 minuto
• Treinador que o lançou: Vladislav Bogicevic
• Internacionalizações: Sub-19, Sub-21, Portugal B, Portugal
• 100º Jogo:
27 de Setembro de 2008
Benfica 2 vs 0 Sporting
45 minutos
• Antes do futebol:
Ruben começou por ser guarda-redes de hóquei de patins mas aos 9 anos optou pelo futebol de onze.




• Campeonato Nacional: 09/10 (SL Benfica)
• Taça da Liga: 08/09; 09/10 (SL Benfica)
• Eusébio Cup: 2009/2010 (SL Benfica)
• Torneio Cidade Guimarães: 08/09; 09/10; 10/11 (SL Benfica)
• Torneio de Amesterdão: 09/10 (SL Benfica)
• Torneio Guadiana: 09/10; 10/11 (SL Benfica)
• Albufeira Summer Cup: 10/11 (SL Benfica)
• Canada National Exhibition: 10/11 (SL Benfica)
Prémios Individuais:
• Jogador Jovem do Mês: Dezembro 2007 (Belenenses)


Photobucket
(clique para aumentar)
© RuiCosta_10

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral









AQUI poderá aceder a mais vídeos sobre Ruben Amorim, numa conta feita pela organização do Blog, onde se reunem golos, jogadas, conferências de imprensa e outros momentos.