Quinta-feira, 03 De Setembro,2009

Mais um troféu para a Luz!

  • Crónica

 

© Daylife

 

O Benfica bateu o Celtic por 3-1 em Toronto e conquistou o quinto troféu da temporada, numa partida em que Jorge Jesus mudou quase tudo, mas manteve intactos os princípios de coesão e de ataque. Di María teve noite inspirada, Júlio César estreou-se na baliza, Keirrison marcou o primeiro golo, tal como o joven Ruben Pinto, enquanto Saviola fechou a contagem.

 

Faltavam figuras como Luisão, Pablo Aimar, Ramires ou Cardozo, mas não faltou ambição e acutilância a este Benfica renovado que entrou no jogo praticamente a ganhar. Num dos primeiros lances do desafio, Nélson Oliveira entrou na área em drible e atirou forte ao poste. Na recarga Keirrison atirou a contar para o seu primeiro golo no Benfica. O Celtic também se apresentava bem desfalcado, sem os habituais titulares, dois jogadores da equipa de sub-19 e, talvez o mais estranho, com apenas dois suplentes no banco.

 

O Benfica entrou a mandar no jogo, com Sidnei e Roderick seguros no centro da defesa, Luís Filipe e Schaffer nas alas e Javi Garcia a manter a consistência no miolo. Mais à frente, Di Maria, o júnior Ruben Pinto e César Peixoto davam apoio directo a Keirrison e Nélson Oliveira. Em relação à goleada de segunda-feira, ao V. Setúbal (8-1), sobravam, assim, apenas Shaffer, Javi Garcia e Di Maria. O argentino apresentou-se endiabrado sobre as alas ou mesmo pelo centro, partindo a defesa do Celtic com súbitas arrancadas.

 

© Daylife

 

Os escoceses demoraram a assentar o seu jogo, mas conseguiram equilibrar a contenda, com o japonês Mizuno muito activo no flanco direito a oferecer mais uma prova de fogo a Shaffer, sob o olhar atento de Jorge Jesus. O treinador foi obrigado a mexer cedo na equipa por lesão de Luís Filipe, logo aos 18 minutos, fazendo entrar Ruben Amorim. Já com o jogo mais equilibrado, o Celtic chegou ao empate, mesmo em cima do intervalo. Santonocito rompeu pela direita, entrou na área, Júlio César saiu ao seu encontro, mas a bola sobrou para McGowan que só teve de encostar.

 

O Benfica voltou a entrar mais forte no segundo tempo, mas foi o Celtic que teve a primeira oportunidade clara para ganhar vantagem, num forte remate de McGowan à trave. O Celtic ainda ameaçou colocar problemas à defesa encarnada, mas Di Maria decidiu pegar no jogo outra vez e assistiu Ruben Pinto para o segundo golo. Um golo muito festejado pelo jovem jogador. O Celtic, com apenas duas opções no banco, quebrou e Jorge Jesus deu o golpe de misericórdia, trocando Nélson Oliveira por Saviola.

 

Só dava Benfica, quase sempre por Di Maria que ainda atirou ao poste antes de combinar com Saviola para o terceiro golo. A fechar o jogo, mais uma dor de cabeça para Jorge Jesus, com Ruben Amorim a sair lesionado já sobre o apito final.

In: Maisfutebol

 

© Daylife

 

Benfica: Júlio César; Luís Filipe, Roderick, Sidnei e Shaffer; Javí Garcia; Di María, Ruben Pinto e César Peixoto; Keirrison e Nélson Oliveira;
Ainda jogaram: Ruben Amorim (Luís Filipe, 18min), David Luiz (Javí Garcia, 55min), Saviola (Nélson Oliveira, 62min), Diogo Figueiras (Ruben Pinto, 81min), Tiago Ramos (Ruben Amorim, 90min).
Golos: Keirrison (3min), Ruben Pinto (58min), Saviola (72min).
Cartões Amarelos: Javí Garcia (52min), David Luiz (80min), Di María (84min).
Cartões Vermelhos: -

 

Celtic Glasgow: Dominic Cervi; Andreas Hinkel, Anton, Kurakins e Mark Wilson; Josh Thompson, Danny Fox, Paddy McCourt, Santonocito e Mizuno; Marc Crosas e Paul McGowan.
Ainda jogaram: Forrest (Santonocito, 62min), Vallers (Mark Wilson, 76min).
Golos: McGowan (45min).
Cartões Amarelos: McGowan (84min).
Cartões Vermelhos: -

 

  • Avaliações

 

© Daylife

 

"Bem a fechar o flanco direito, procurando sempre simplificar. Saiu lesionado. (3)", In: Record

 

"Certinho, como de costume, acabou por sair lesionado já aos 90'", In: O Jogo

publicado por Frederica às 21:30
link do post | comentar
Quarta-feira, 02 De Setembro,2009

Convocados para o encontro com o Celtic no Canadá

  • Jogo particular - Antevisão

 




© Isabel Cutileiro

 

A comitiva benfiquista já está em Toronto, no Canadá, onde vai disputar um encontro com o Celtic Glasgow, na disputa pelo Torneio CNE Cup. A viagem transatlântica demorou cerca de 8 horas e meia.

 

O jogo com os escoceses realiza-se esta quarta-feira (madrugada de quinta-feira em Lisboa), numa partida em que Jorge Jesus deverá rodar alguns dos jogadores menos utilizados neste início de época. Face às ausências devido aos trabalhos das seleções nacionais, foram ainda incluídos na convocatória 5 jovens da formação.

 

LISTA DE CONVOCADOS

 

Guarda-redes: Moreira e Júlio César.

Defesas: Shaffer, David Luiz, Luís Filipe, Sidnei, Roderick Miranda, Tiago Ramos e Diogo Figueiras.

Médios: Ruben Amorim, Javi García, Di María, César Peixoto e Ruben Pinto.

Avançados: Saviola, Keirrison e Nélson Oliveira.

 

In: Record

publicado por Frederica às 19:22
link do post | comentar
Terça-feira, 01 De Setembro,2009

Benfica de alto nível massacra Vitória de Setúbal

  • Crónica

 

© Daylife

 

À moda antiga. O Benfica mais acutilante dos últimos anos dizimou, por completo, um Vitória de Setúbal tão fraco, mas tão fraco que raramente fez por merecer a presença no Estádio da Luz. Aliás, sobram dúvidas quando à sua presença real no reduto encarnado. Foram oito (8-1), podiam ser quinze. Não se via tamanha goleada desde 1993/94, frente ao Famalicão de Celestino, então por 8-0, no ano da conquista do título nacional!

 

Temos candidato. O Benfica de Jorge Jesus apresenta uma dinâmica ofensiva impressionante, com um manancial de soluções que permite chegar à baliza adversária de várias formas e feitios. Com Marítimo e Guimarães, a solução passou pelas cabeças de Weldon e Ramires. Frente ao Setúbal, os dois primeiros golos caíram outra vez dos céus, encaminhados por Javi Garcia (16m) e Luisão (23m).

 

Eficaz. A formação encarnada, com o mesmo figurino apresentado em Guimarães, marcou cinco golos em seis remates à baliza, ao longo da etapa inicial. Mário Felgueiras defendeu apenas uma bola, entre a enxurrada, vendo mais duas passar ao lado. Não há guarda-redes que resista.

 

Benfica goleador. Entusiasmante. Equilibrado e tremendamente ofensivo. Benfica a mais para V. Setúbal a menos. Nem parecem da mesma Liga.

 

Aimar em todo o seu esplendor

 

Recuemos um pouco. Pablo Aimar esteve em dúvida até ao dia do encontro, mas disfarçou bem. O argentino apresentou-se em todo o seu esplendor e nem deixou o V. Setúbal respirar. Ao minuto 16, Javi García já corria que nem um louco para corresponder a um canto cobrado pelo número 10, antecipando-se ao guardião sadino para inaugurar o marcador.

 

© Daylife

 

E agora, pensaram os adeptos? Seria mais do mesmo, com a equipa grande a gerir uma vantagem escassa e a pequena conformada perante a possibilidade de um remate perdido, algures nos minutos finais? Longe disso. O Benfica cresceu, cresceu ainda mais, e atirou o adversário ao tapete. Minuto 23, de novo Aimar a servir, desta vez Luisão. David Luiz ainda ameaçou, mas o golo fica para o gigante. Entre assistências, Pablito assinaria o melhor golo da noite, o quarto, passando a bola por cima de um adversário antes de do remate final. Soberbo.

 

Cardozo vezes três

 

Vitória, nem vê-lo. Tudo parecia correr de feição para o Benfica. Javi García, factor de desconfiança inicial pelo elevado investimento, já marcara. Ramires, mais 7,5 milhões de despesa, voltaria a comprovar o seu tremendo potencial. O brasileiro conquistou um castigo máximo, Jesus manteve a confiança e Cardozo respondeu à altura, voltando aos golos. O paraguaio viria a completar um «hat-trick» na etapa complementar. Pelo meio, ainda devolveu a gentileza a Ramires, com uma assistência para...ainda está a contar? Sim, o quinto golo.

 

E assim, de golo em golo, chegou o intervalo. O Benfica regressou dos balneários em dez minutos, pedindo mais. Mais futebol, mais golos. O arbitro demorou um pouco, o Vitória de Setúbal entrou a queimar o tempo limite, farto daquele pesadelo. Por instantes, em jeito de brincadeira, pensou-se numa deserção em pleno campo de batalha. Nada disso. As gentes do Sado merecem mais. Em velocidade-cruzeiro, os homens de Jesus construíram a goleada histórica. Cardozo fez o sexto, o sétimo e Nuno Gomes fechou as contas encarnadas. Hélder Barbosa atenuou a crise sadina, em cima do apito final. Festa na Luz!

In: Maisfutebol

 

© Daylife

 

Benfica: Quim; Ruben Amorim, Luisão, David Luiz, Shaffer; Javi García, Ramires, Pablo Aimar, Di María; Saviola, Cardozo.
Ainda jogaram: Fábio Coentrão (Pablo Aimar, 64min), César Peixoto (Shaffer, 64min), Nuno Gomes (Di María, 79min).
Golos: Javi García (16min), Luisão (23min), Cardozo (30min, 66min, 75min), Pablo Aimar (36min), Ramires (37min), Nuno Gomes (85min).
Cartões Amarelos: Ruben Amorim (56min).
Cartões Vermelhos: -

 

Vitória de Setúbal: Mário Felgueiras; Djikiné, Sandro, Zarabi; Bruno Monteiro, Alvaro Fernandez, Lourenço, Kazmierczak, Ruben Lima; Keita, Hélder Barbosa.
Ainda jogaram: Luís Carlos (Bruno Monteiro, 46min), Adul Baldé (Keita, 61min), Vasco Varão (Lourenço, 72min).
Golos: Hélder Barbosa (90min).
Cartões Amarelos: Ruben Lima (15min), Lourenço (18min), Bruno Monteiro (20min), Keita (28min), Alvaro Fernandez (62min), Vasco Varão (88min).
Cartões Vermelhos: -

 

  • Avaliações

 

 

"Sem problemas a defender, subiu bem e ajudou o ataque, participando em muitos lances mais perigosos do Benfica; entendeu-se muito bem com Ramires e ajudou à eficácia do flanco direito encarnado. (4)", In: Record

 

"Imparavél. A defender ou a atacar, mostrou-se insuperável, revelando-se um autêntico tormento para os adversários. Não parou um minuto e foi dos mais influentes na dinâmica da equipa. (8)", In: O Jogo

publicado por Frederica às 20:41
link do post | comentar | ver comentários (1)



Uma iniciativa criada a 9 de Outubro de 2008 com o objectivo de todos os fãs/adeptos poderem mandar a sua mensagem ao Ruben juntou mais de 50 comentários com opiniões diversas e pessoais, as quais agradecemos desde já e que poderá ver AQUI. Devido a actualizações (quase) diárias, o mesmo foi desaparecendo aos poucos e deixando de ser principal notícia no Blog. Não querendo deixar a oportunidade de o Ruben saber e ler a vossa opinião, visto que é visitante deste espaço dedicado a ele, poderá sempre mandar uma mensagem para AQUI.




«Antes de mais quero agradecer a todos pelo apoio que voces têm dado ao Benfica e principalmente a mim. Sinceramente não tenho muito jeito para estas coisas mas também não existem palavras para dizer a força que me transmitem quando leio o que escrevem. Dito isto quero que me desculpem mas tenho de mandar um beijo especial à Frederica e espero um dia estar à altura da imagem que tu tens de mim.
Em breve terei um site e quero que saibas que terás um papel bastante activo nele.. Isto se quiseres, claro. Desculpem não ser de muitas palavras mas mais uma vez OBRIGADO.
Ruben Amorim»
26 de Março de 2009




• Nome Completo:
Ruben Filipe Marques Amorim
• Clube Actual:
Sporting Clube de Braga (emp. SLB)
• Data de Nascimento:
27 de Janeiro de 1985
• Idade:
27 anos
• Local de Nascimento:
Lisboa, Portugal
• Altura:
1,80m
• Peso:
77kg
• Posição:
Médio
• Camisola:
Número 5



• Percurso:
Camadas Jovens Sport Lisboa e Benfica, CAC Pontinha, Ginásio de Corroios, Belenenses, Sport Lisboa e Benfica, Sporting de Braga (actual, por empréstimo)
• Estreia na 1ª Divisão:
14 de Dezembro de 2003
Belenenses 2 vs 0 Alverca
1 minuto
• Treinador que o lançou: Vladislav Bogicevic
• Internacionalizações: Sub-19, Sub-21, Portugal B, Portugal
• 100º Jogo:
27 de Setembro de 2008
Benfica 2 vs 0 Sporting
45 minutos
• Antes do futebol:
Ruben começou por ser guarda-redes de hóquei de patins mas aos 9 anos optou pelo futebol de onze.




• Campeonato Nacional: 09/10 (SL Benfica)
• Taça da Liga: 08/09; 09/10 (SL Benfica)
• Eusébio Cup: 2009/2010 (SL Benfica)
• Torneio Cidade Guimarães: 08/09; 09/10; 10/11 (SL Benfica)
• Torneio de Amesterdão: 09/10 (SL Benfica)
• Torneio Guadiana: 09/10; 10/11 (SL Benfica)
• Albufeira Summer Cup: 10/11 (SL Benfica)
• Canada National Exhibition: 10/11 (SL Benfica)
Prémios Individuais:
• Jogador Jovem do Mês: Dezembro 2007 (Belenenses)


Photobucket
(clique para aumentar)
© RuiCosta_10

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral









AQUI poderá aceder a mais vídeos sobre Ruben Amorim, numa conta feita pela organização do Blog, onde se reunem golos, jogadas, conferências de imprensa e outros momentos.