Sexta-feira, 30 De Outubro,2009

Convocados para o grande duelo em Braga

  • Antevisão - Liga Sagres

 

© Isabel Cutileiro

 

A entrada do lateral-esquerdo Shaffer e as saídas de César Peixoto e Carlos Martins são as únicas alterações na convocatória do Benfica para o jogo de amanhã com o Sp. Braga, referente à 9.ª jornada da Liga.

O argentino recuperou da lesão que o afastou dos últimos jogos dos encarnados e foi chamado para o importante embate no reduto dos arsenalistas.

Ruben Amorim, que ontem treinou condicionado devido a uma contusão na direita, também figura entre os eleitos de Jorge Jesus.

De fora ficaram César Peixoto e Carlos Martins, ambos lesionados. O médio foi ontem reavaliado e acusou um estiramento na face posterior da coxa direita.

O jogo entre Sporting de Braga e Benfica, no Estádio AXA, está agendado para as 21.15 horas deste sábado.

LISTA DE CONVOCADOS


Guarda-redes: Quim e Júlio César;
Defesas: Maxi Pereira, Sidnei, Luisão, David Luiz e Shaffer;
Médios: Javi Garcia, Ramires, Ruben Amorim, Di María, Pablo Aimar, Felipe Menezes e Fábio Coentrão;
Avançados: Nuno Gomes, Saviola, Cardozo, Keirrison e Weldon.

 

In: A Bola

publicado por Frederica às 20:52
link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 29 De Outubro,2009

R. Amorim pode renovar

  • Fora das quatro linhas

 

© Isabel Cutieiro

 

Ruben Amorim pode vir a ser contemplado com a renovação do contrato. Neste momento, ainda não há conversações entre as partes nem tão-pouco o caso do ex-belenense é prioritário. No entanto, o camisa 5 é dos jogadores mais utilizados por Jorge Jesus, pelo que a SAD encarnada poderá avançar para a revisão do vínculo.

 

Amorim, de 24 anos, chegou ao Benfica a temporada passada, assinando um contrato válido até 2013. O futebolista assumiu-se como um dos pilares do meio-campo da equipa de Quique Flores, tendo realizado 35 partidas.

 

Sob o comando de JJ não é titular indiscutível, mas conta 12 presenças, somando 774 minutos em campo. Em 2009/10, Amorim tem sido opção para a ala direita da defesa, uma vez que o meio-campo conta com outros protagonistas, nomeadamente García e Ramires.

 

In: Record

 

publicado por Frederica às 18:25
link do post | comentar

Ruben Amorim treina condicionado

  • Treino

 

© A Bola

 

A equipa de Jorge Jesus continuou esta quarta-feira a preparar a deslocação do próximo sábado ao terreno do Sp. Braga, relativa à 9.ª jornada da Liga portuguesa. Numa sessão realizada na Caixa Futebol Campus, o médio Ruben Amorim treinou de forma condicionada devido a uma contusão na coxa direita.

O defesa César Peixoto e o médio Carlos Martins voltaram a fazer tratamento no dia de hoje. Referir que, após uma reavaliação, ficou-se a saber que Carlos Martins tem um estiramento na face posterior da coxa direita.

O plantel da Luz regressa ao trabalho na quinta-feira, pelas 10h30, na Caixa Futebol Campus. O apronto é à porta fechada.

 

In: SLBenfica

publicado por Frederica às 17:44
link do post | comentar
Terça-feira, 27 De Outubro,2009

Mais uma goleada leva Benfica ao topo da classificação

  • Crónica

 

© Maisfutebol

 

O Benfica é o novo líder do campeonato, depois de golear o Nacional por 6-1 e beneficiar do empate do Sp. Braga em Vila do Conde. Nove meses depois, os encarnados regressam ao primeiro lugar, uma semana antes de visitarem o líder deposto.


Foi, uma vez mais, o Benfica das goleadas (ou touradas, tantos os «olés», além da confusão no túnel ao intervalo) a apresentar-se em cena, aquele que se agiganta na arena quando espicaçado. Fica o aviso, mais um. A quarta goleada da época (8-1 ao V. Setúbal, 4-0 ao Belenenses e 5-0 ao Leixões), a segunda consecutiva (e que o Everton dificilmente esquecerá), surgiu com a naturalidade de quem ambiciona ser campeão e não foi preciso... prometer.

 

 

Sete golos, o do Nacional em fora-de-jogo, um bem anulado a Saviola pelo mesmo motivo, duas grandes penalidades convertidas (uma forçada por Aimar), três grandes defesas de Bracali e duas expulsões foram os ingredientes de um jogo, desde logo temperado pela rivalidade de dois treinadores que não se suportam.

 

Jorge Jesus antecipou as dificuldades, só não imaginou que César Peixoto se lesionaria no aquecimento. A emenda foi determinante, com Fábio Coentrão a brilhar em campo e a mostrar que é jovem mas pensa como adulto. Já Manuel Machado alterou uma equipa que se adapta a qualquer esquema, deixando no banco Pecnik, uma das figuras de Bilbau.

 

Leandro Salino também ficou, entrando Tomasevic para a defesa, Edgar Costa para o miolo e João Aurélio para a frente.

 

© Daylife

 

O Nacional chegou à Luz com estatuto de quarto classificado, que partilha com Sporting, Rio Ave e Marítimo, e o acerto na estratégia durou 17 minutos, altura em que o Benfica inaugurou o marcador. Até então, falhavam ambos no último passe, com as defesas a mostrarem argumentos, ainda que Edgar Costa tenha protagonizado o primeiro remate do desafio logo aos seis minutos e que Quim desviou para canto.

 

Tudo fácil para os encarnados. Aimar colocou na esquerda, Coentrão cruzou rasteiro e Cardozo empurrou com afinação. Cinco minutos depois, Bracali negou o 2-0 a Di María.

Ruben Micael, que tanto queria marcar, acabou por assistir Edgar Costa no empate, aos 28 minutos. O avançado ganhou na corrida, bateu Quim com um remate na passada, mas estava adiantado.

 

Mais protestos se seguiriam, depois de Vasco Santos anular o golo de Saviola. Di María, de livre, colocou na área, Luisão antecipou-se à defesa e cabeceou para defesa incompleta de Bracali. Na recarga Saviola colocou dentro da baliza, mas o fora-de-jogo foi desta vez assinalado e bem.

 

Ainda antes do intervalo mais uma grande defesa de Bracali, a remate à queima-roupa de Ramires, também antes do intervalo o 2-1, por Saviola. Fábio Coentrão serviu o argentino e este cabeceou para a vantagem.

 

© Daylife

 

Os quatro dedos de Jesus

 

O segundo tempo arrancou com uma grande penalidade. Aimar sentiu a proximidade de Felipe Lopes e deixou-se cair, o castigo máximo foi assinalado. Cardozo encarregou-se de marcar e... não falhar.

 

Entrou Mateus, depois Pecnik no Nacional, mas foi o Benfica quem continuou a pressionar. Coentrão fugiu na esquerda, cruzou para Cardozo, este atrapalhou-se, mas ainda conseguiu servir Saviola, que atirou para o 4-1. Jorge Jesus virou-se para o banco do Nacional e mostrou quatro dedos, o número de golos marcados, em jeito de provocação.

 

A segunda provocação, a da vitória consumada, mas não ainda por estes números, deu-se aos 70. Saíram Aimar e Saviola, entraram Carlos Martins e Ruben Amorim. A gestão. O médio acabou por sair lesionado para a entrada de Nuno Gomes, seguiram-se mais dois golos, um do avançado, e a festa encarnada.

 

Nunca uma segunda-feira terá sido tão reconfortante, sobretudo para os mais de 47 mil adeptos presentes no Estádio da Luz. No final, buzinas na rua.

In: Maisfutebol

 

© Daylife

 

Benfica: Quim; Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, Fábio Coentrão; Javi Garíca; Ramires, Pablo Aimar, Di María; Cardozo, Saviola.
Ainda jogaram: Carlos Martins (Pablo Aimar, 70min), Ruben Amorim (Saviola, 71min), Nuno Gomes (Carlos Martins, 75min).
Golos: Cardozo (17min, 48min g.p., 89min, g.p.), Saviola (40min, 61min), Nuno Gomes (84min).
Cartões Amarelos: Di María (30min), Luisão (39min), Fábio Coentrão (81min).
Cartões Vermelhos: -

 

Nacional: Bracalli; Patacas, Felipe Lopes, Halliche, Tomasevic; Cléber Oliveira; Edgar Costa, Ruben Micael, Luiz Alberto; Edgar, João Aurélio.
Ainda jogaram: Mateus (Edgar Costa, 46min), Pecnik (Tomasevic, 54min), Leandro Salino (Ruben Micael, 71min).
Golos: Edgar Costa (28min).
Cartões Amarelos: Edgar Costa (28min), Patacas (32min, 82min), Ruben Micael (39min), Mateus (46min), Felipe Lopes (47min), Cléber Oliveira (76min), João Aurélio (86min, 88min).
Cartões Vermelhos: Patacas (82min, acumulação de amarelos), João Aurélio (88min, acumulação de amarelos).

publicado por Frederica às 16:39
link do post | comentar
Domingo, 25 De Outubro,2009

Lista de convocados para o encontro com a Nacional da Madeira

  • Antevisão - Liga Sagres

 

© Isabel Cutileiro

 

O avançado brasileiro Keirrison recuperou de uma lesão e foi convocado por Jorge Jesus para o encontro de segunda-feira na Luz com o Nacional, da 8.ª jornada da Liga Sagres.

 

Os defesas Luís Filipe e Shaffer estão indisponíveis por lesão, tendo ficado fora da lista de 20 eleitos do treinador encarnado para o embate com o Nacional, que à entrada para a jornada era 5.º classificado com 11 pontos.

 

O encontro, que vai ser arbitrado pelo portuense Vasco Santos, inicia-se às 20.15 e, em caso de vitória, o Benfica, que soma 19 pontos, assume a liderança do campeonato, embora em igualdade pontual com o Sp. Braga, após o empate 1-1 de sábado dos minhotos no terreno do Rio Ave.

 

LISTA DE CONVOCADOS

 

Guarda-redes: Quim e Júlio César.

Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, David Luiz e César Peixoto.

Médios: Javi Garcia, Ramires, Ruben Amorim, Carlos Martins, Fábio Coentrão, Felipe Menezes, Di María e Pablo Aimar.

Avançados: Nuno Gomes, Weldon, Saviola, Cardozo e Keirrison.

 

In: Record

publicado por Frederica às 17:42
link do post | comentar
Sexta-feira, 23 De Outubro,2009

Benfica arrasador faz história na Luz (5-0) diante o Everton

  • Crónica

 

© Daylife

 

O jogo frente ao Everton não era determinante, segundo Jorge Jesus. Ainda assim existia a certeza de que uma vitória iria renovar esperanças e que um mau resultado podia ter efeitos negativos que iam além da pontuação. O Benfica goleou o Everton, por 5-0, e poderá encarar os próximos três jogos com optimismo.

 

David Moyes chegou «impressionado» e deve ter saído ainda mais. O treinador do Everton disse, antes da partida, que via «um novo Benfica, atacante e excitante». Realmente foi isso que se pôde ver durante a segunda parte do encontro da Liga Europa.

 

Os encarnados atravessam um bom momento na Liga, a Luz tem sido palco de goleadas, mas na Europa o conjunto orientado por Jorge Jesus vinha de uma derrota, frente ao AEK. Por isso, o discurso de Jorge Jesus foi no sentido de acautelar os adeptos para todas as possibilidades. O técnico pareceu querer evitar euforias, mas também o medo de fracassar na montra europeia.

 

Jesus fez alterações no onze, em relação ao jogo da Taça, frente ao Monsanto. Luisão, Cardozo, Ramires, Aimar, Di María e Saviola regressaram ao onze. Júlio César mantém-se na baliza nas partidas da Liga Europa.

 

Durante a primeira parte existiu algum equilíbrio, mas o Benfica mostrou alguma superioridade perante o adversário. Uma diferença mínima que valeu um golo, aos 14 minutos. O cruzamento foi de Di María e Saviola marcou. Os encarnados mostraram-se mais perigosos e Tim Howard e o sector defensivo tiveram mais trabalho que Júlio César.

 

© Daylife

 

Para além de a defesa do Everton se mostrar bastante eficaz, durante a primeira parte, faltou algo ao Benfica. A luta e a vontade estavam lá, mas faltou o entusiasmo ou a capacidade de entusiasmar quem se deslocou ao estádio.

 

O intervalo chegou com os encarnados a vencerem por 1-0. Um resultado perigosamente escasso, mas que se aceitava. O Everton mostrou querer discutir o resultado, ainda que não tivesse criado ocasiões de golo. Aí foi onde o Benfica desequilibrou. Criou oportunidades (ainda que escassas). Marcou. Foi mais eficaz.

 

O que terá feito Jesus?

 

Não se sabe o que Jorge Jesus disse aos seus jogadores durante o intervalo. Mas pouco importa. O mais importante é que resultou. Os encarnados entraram com tudo. Só deu Benfica. Em sete minutos a equipa da casa marcou três golos.

 

Aos 47 minutos, Aimar segurou o tempo suficiente para dar a bola a Saviola, que cruzou para Cardozo finalizar. O 3-0 surgiu no minuto seguinte, através do paraguaio. Di María cruzou para o camisola 7 marcar de cabeça.

 

Aos 52 minutos, Luisão subiu para ajudar a ampliar os números, numa altura em que a Luz festejava, fazendo lembrar outras noites europeias. Volvidos quatro minutos o marcador poderia ter passado para 5-0. Di María, que fez uma grande exibição, atirou à trave. O argentino esteve perto de fazer um grande golo. Merecia fazê-lo.

 

© Daylife

 

Goleada à antiga

 

Aos 83 minutos surgiu o 5-0. Grande trabalho de Di María, na esquerda, e Saviola facturou mais um golo. O Everton tentou o tento de honra, aos 79 minutos, mas Saha atirou ao poste.

 

Os encarnados conseguiram o melhor resultado de sempre frente a equipas inglesas, na Luz - em 1961/62 o Benfica bateu o Tottenham por 3-1. Mas mais importante que isso, o Benfica garante seis pontos e lidera o Grupo I, já que o AEK Atenas perdeu com o BATE Borisov.

In: Maisfutebol

 

© Daylife

 

Benfica: Júlio César; Ruben Amorim, Luisão, David Luiz, César Peixoto; Ramires, Javí Garcia, Pablo Aimar, Di María; Saviola, Cardozo.
Ainda jogaram: Carlos Martins (Pablo Aimar, 68min), Fábio Coentrão (Cardozo, 77min), Weldon (Saviola, 85min).
Golos: Saviola (14min, 83min), Cardozo (47min, 48min), Luisão (52min).
Cartões Amarelos: -
Cartões Vermelhos: -

 

Everton: Tim Howard; Gosling, Hibbert, Sylvain Distin, Seamus Coleman; Fellaini, Tim Cahill, Rodwell, Diniyar Bilyaletdinov; Jô, Yakubu.
Ainda jogaram: Louis Saha (Diniyar Bilyaletdinov, 60min), Baxter (Yakubu, 72min).
Golos: -
Cartões Amarelos: -
Cartões Vermelhos: -

 

  • Avaliação

 

© Isabel Cutileiro

 

"Foi competente a defender. Era o que se lhe pedia e cumpriu. (3)", In: Record

 

"Agradável surpresa no onze inicial. Certinho a defender, teve apenas um deslize perante Jô, quando a vitória já estava consumada. Maxi Pereira que se cuide... (6)", In: O Jogo

publicado por Frederica às 18:53
link do post | comentar
Quarta-feira, 21 De Outubro,2009

Convocados para a recepção ao Everton, para a Liga Europa

  • Antevisão - Liga Europa

 

© Isabel Cutileiro

 

Jorge Jesus já divulgou a lista de convocados para o jogo com o Everton, quinta-feira, às 18 horas, para a Liga Europa. Destaque para os regressos de Aimar, Cardozo, Luisão e Ramires, assimo como o guarda-redes Júlio César, que ficaram de fora no encontro da Taça de Portugal com o Monsanto.

 

LISTA DE CONVOCADOS

 

Guarda-redes: Quim e Júlio César.

Defesas: Luisão, Maxi Pereira, David Luiz, César Peixoto e Sidnei.

Médios: Ruben Amorim, Javi Garcia, Ramires, Carlos Martins, Fábio Coentrão, Di María, Menezes e Aimar.

Avançados: Weldon, Nuno Gomes, Saviola e Cardozo.

 

In: Record

 

 

 

publicado por Frederica às 19:12
link do post | comentar
Domingo, 18 De Outubro,2009

Sem acelerar, Benfica voltou a golear o modesto (0-6) Monsanto

  • Crónica

 

 

© Maisfutebol

 

Nem foi preciso deslumbrar. Ao Benfica bastou encarar o jogo com seriedade, para vencer o Monsanto e seguir em frente na Taça de Portugal (0-6). A equipa de Jorge Jesus foi rigorosa e soube explorar o desânimo do adversário, no segundo tempo, para garantir mais uma goleada.

 

Nos minutos iniciais o Benfica revelou alguma falta de entrosamento, por força das várias novidades apresentadas no «onze». A circulação de bola era algo lenta, e as combinações estavam pouco oleadas, mas ainda assim a equipa de Jorge Jesus começou cedo a criar perigo junto da baliza do Monsanto. Faltavam as rotinas de um «onze» mais tradicional, mas um domínio pouco asfixiante chegou, ainda assim, para chegar ao golo à passagem da meia hora. Felipe Menezes trabalhou bem à entrada da área e inaugurou o marcador, apontando o seu primeiro golo de águia ao peito.

 

A defesa do Monsanto mostrou-se sempre vulnerável, mas o meio-campo revelou uma boa capacidade técnica. Ao ataque de Vítor Alves faltava «timing» para aproveitar os passes de ruptura.

 

© Maisfutebol

 

Martins destrói a esperança do Monsanto

 

O início do segundo tempo começa praticamente com o segundo golo do Benfica, a sentenciar o encontro. Nuno Gomes aproveitou um deslize de René e serviu, de bandeja, o golo de Carlos Martins (47m). O mesmo jogador aumentaria a vantagem onze minutos depois.

 

Com três golos de vantagem Jorge Jesus aproveitou para lançar dois jogadores que ainda não tinham disputado qualquer jogo oficial na presente temporada: Mantorras e Miguel Vítor.

Destruída animicamente ao segundo golo, a equipa do Monsanto ainda chegou aos seis sofridos. Saviola (84m), César Peixoto (belo golo de livre directo, aos 89m) e Fábio Coentrão 90m) deram volume à goleada. 

In: Maisfutebol

 

© Maisfutebol 

 

Monsanto: René; Ruas, Filipe Faia, Ba, Ito; Bruno Matos, João Martins, Dani, Guti; Jamerson, Carlitos.
Ainda jogaram: Alex (Carlitos, 62min), Bruno (Guti, 62min), Júlio (Jamerson, 82min).
Golos: -
Cartões Amarelos: Ba (9min), René (25min).
Cartões Vermelhos: -

 

Benfica: Moreira; Ruben Amorim, David Luiz, Sidnei, César Peixoto; Javi García, Carlos Martins, Fábio Coentrão, Felipe Menezes; Nuno Gomes, Weldon.
Ainda jogaram: Saviola (Felipe Menezes, 62min), Mantorras (Nuno Gomes, 69min), Weldon (Miguel Vítor, 76min).
Golos: Felipe Menezes (29min), Carlos Martins (47min, 59min), Saviola (84min), César Peixoto (89min), Fábio Coentrão (90+1min).
Cartões Amarelos: Felipe Menezes (48min), Javi García (88min).
Cartões Vermelhos: -

 

  • Avaliações

 

 

"Desviado para a lateral, o 5 não comprometeu a defender. "Cinzentão" e ineficiente em termos atacantes. (3)", In: Record

 

"Durante a primeira parte evidenciou alguma irregularidade, mas subiu claramente no segundo tempo. Ajudou então com maior eficácia o ataque e até esteve no lance do 0-2. (6)", In: O Jogo

 

  • Declarações

 

"Os menos utilizados deram boas provas"

 

© Isabel Cutileiro

 

Ruben Amorim admitiu que "não foi fácil fazer o 1-0", mas realçou que a partir daí "a equipa conseguiu controlar o jogo". Por isso, e frisou: "Já provámos que queremos manter o rendimento. Os jogadores menos utilizados deram boas provas e mostraram que também querem jogar, o que é importante para o Benfica."

 

Superado o Monsanto, numa prova que é "um objectivo" para as águias, atirou sobre o Everton: "Queremos fazer melhor do que no ano passado e temos um jogo importantíssimo."

 

In: O Jogo

publicado por Frederica às 16:40
link do post | comentar
Sábado, 17 De Outubro,2009

Convocados para o encontro com o Monsanto, para a Taça

  • Antevisão - Taça de Portugal

 

© Isabel Cutileiro

 

As chamadas de Mantorras e Urreta e as ausências de Luisão, Ramires, Aimar e Cardozo são as principais novidades nos convocados do Benfica para o jogo da Taça de Portugal, frente ao Monsanto, sábado, em Torres Novas.
 

Mantorras e Urreta estão de regresso, enquanto Luisão, Ramires, Aimar e Cardozo descansam, depois de terem estado envolvidos nos compromissos das respectivas selecções nas ultimas duas semanas.

Ausentes devido a problemas físicos estão Luís Filipe, Shaffer e Keirrison.

LISTA DE CONVOCADOS

Guarda-redes: Moreira e Quim.
Defesas: Maxi Pereira, David Luiz, Sidnei, Miguel Vítor e César Peixoto.
Médios: Javi Garcia, Ruben Amorim, Carlos Martins, Fábio Coentrão, Felipe Menezes, Di Maria e Urreta.
Avançados: Nuno Gomes, Mantorras, Saviola e Weldon.

 

In: Record

 

publicado por Frederica às 18:39
link do post | comentar



Uma iniciativa criada a 9 de Outubro de 2008 com o objectivo de todos os fãs/adeptos poderem mandar a sua mensagem ao Ruben juntou mais de 50 comentários com opiniões diversas e pessoais, as quais agradecemos desde já e que poderá ver AQUI. Devido a actualizações (quase) diárias, o mesmo foi desaparecendo aos poucos e deixando de ser principal notícia no Blog. Não querendo deixar a oportunidade de o Ruben saber e ler a vossa opinião, visto que é visitante deste espaço dedicado a ele, poderá sempre mandar uma mensagem para AQUI.




«Antes de mais quero agradecer a todos pelo apoio que voces têm dado ao Benfica e principalmente a mim. Sinceramente não tenho muito jeito para estas coisas mas também não existem palavras para dizer a força que me transmitem quando leio o que escrevem. Dito isto quero que me desculpem mas tenho de mandar um beijo especial à Frederica e espero um dia estar à altura da imagem que tu tens de mim.
Em breve terei um site e quero que saibas que terás um papel bastante activo nele.. Isto se quiseres, claro. Desculpem não ser de muitas palavras mas mais uma vez OBRIGADO.
Ruben Amorim»
26 de Março de 2009




• Nome Completo:
Ruben Filipe Marques Amorim
• Clube Actual:
Sporting Clube de Braga (emp. SLB)
• Data de Nascimento:
27 de Janeiro de 1985
• Idade:
27 anos
• Local de Nascimento:
Lisboa, Portugal
• Altura:
1,80m
• Peso:
77kg
• Posição:
Médio
• Camisola:
Número 5



• Percurso:
Camadas Jovens Sport Lisboa e Benfica, CAC Pontinha, Ginásio de Corroios, Belenenses, Sport Lisboa e Benfica, Sporting de Braga (actual, por empréstimo)
• Estreia na 1ª Divisão:
14 de Dezembro de 2003
Belenenses 2 vs 0 Alverca
1 minuto
• Treinador que o lançou: Vladislav Bogicevic
• Internacionalizações: Sub-19, Sub-21, Portugal B, Portugal
• 100º Jogo:
27 de Setembro de 2008
Benfica 2 vs 0 Sporting
45 minutos
• Antes do futebol:
Ruben começou por ser guarda-redes de hóquei de patins mas aos 9 anos optou pelo futebol de onze.




• Campeonato Nacional: 09/10 (SL Benfica)
• Taça da Liga: 08/09; 09/10 (SL Benfica)
• Eusébio Cup: 2009/2010 (SL Benfica)
• Torneio Cidade Guimarães: 08/09; 09/10; 10/11 (SL Benfica)
• Torneio de Amesterdão: 09/10 (SL Benfica)
• Torneio Guadiana: 09/10; 10/11 (SL Benfica)
• Albufeira Summer Cup: 10/11 (SL Benfica)
• Canada National Exhibition: 10/11 (SL Benfica)
Prémios Individuais:
• Jogador Jovem do Mês: Dezembro 2007 (Belenenses)


Photobucket
(clique para aumentar)
© RuiCosta_10

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral

Photobucket
(clique para aumentar)
© Guilherme Cabral









AQUI poderá aceder a mais vídeos sobre Ruben Amorim, numa conta feita pela organização do Blog, onde se reunem golos, jogadas, conferências de imprensa e outros momentos.