Amorim elogia grupo de trabalho e diz que o jogo com o Belenenses será "especial"

  • Fora das quatro linhas

 

 

Um ar reguila e um desabafo em tom de brancadeira: Os "banhos e massagens" são os treinos preferidos de Ruben Amorim. Ou, mais a sério, os que não são apenas físicos, porque "quando não há bola, não têm o mesmo envolvimento ou paixão". Segredos confessados a pequenos adeptos, que, em éxtase, receberam os benfiquistas e ficaram a saber o que muitos gostariam..

 

Como por exemplo o facto de dois dos capitães serem fundamentais num balneário "muito bom, mesmo quando há derrotas". "O bom ambiente não se vê apenas quando ganhamos e no Benfica há jogadores, como o Luisão e o Nuno Gomes, que têm sempre uma palavra, às vezes crítica, mas importante. Isso dá força ao grupo para ganhar o próximo jogo", revelou.

Fôlego e uma pergunta, mais matreira: "Numa final importante, um adversário está no chão e vocês isolados. Rematam para fora ou continuam para a baliza?" Dificuldade máxima e Aimar a responder "para fora, seguramente." "Para fora do campo, para dentro da baliza", compôs o português, sem conter o riso, mas deixando claro que estava a "brincar". "As pessoas estão em primeiro lugar. Atirava para fora, até porque somos o Benfica e outras ocasiões apareceriam de seguida."

 

A finalizar, uma palavra de Ruben Amorim para o jogo de amanhã, com o Belenenses que sendo "para vencer", não deixa de ser "especial", porque terá oportunidade de "rever muita gente" que o acompanhou "ao longo dos anos."

 

In: Record

 


 

Para ver em vídeo, carregue AQUI.

publicado por Frederica às 23:16
link do post | comentar