Ruben Amorim diz que a Liga é o principal objectivo

  • Entrevista

 


© Enviada por Guilherme Cabral 

 

A conquista da Taça da Liga já começa a ser esquecida na Luz e, uma vez mais, os jogadores começam a concentrar-se na ponta final do campeonato. Ruben Amorim, em entrevista concedida à Rádio Renascença, assume que será "difícil" conquistar o título de campeão, mas promete continuar a lutar até à última jornada.

 

"No Benfica não há serviços mínimos, só temos de ser campeões. Sabemos que está mais difícil pois temos de esperar que o FC Porto e o Sporting percam pontos. Penso que eles ainda vão escorregar por isso cabe-nos a tarefa de ganhar todos os desafios até ao final da competição", defende.
 

Para o médio o segundo lugar é um mal menor, pois não esquece a importância dos encaixes financeiros da Champions: "O nosso treinador já disse que é importante alcançarmos pelo menos a segunda posição, pois assim ainda podemos chegar à Liga dos Campeões. Estamos conscientes que temos uma equipa jovem e, nesse aspeto, estamos em desvantagem em relação aos nossos rivais diretos".
 

No início da temporada Ruben Amorim era um dos reforços menos sonantes do plantel encarnado. Contudo, paulatinamente, o jovem conseguiu convencer Quique Flores e atualmente é um dos titulares indiscutíveis no onze das águias.
 

Mostrando-se consciente das suas capacidades, o ex-belenense garante que nunca duvidou das suas capacidades para singrar na Luz: "Posso dizer que já esperava por esta afirmação. Também sei que esta situação só se tornou possível pela forma de ser do Quique Flores. É um treinador que não olha aos nomes mas somente ao trabalho que os jogadores desenvolvem"



© GettyImages

Sonhar com as Quinas

A Seleção Nacional vai entrar amanhã à noite no Estádio do Dragão sem um único futebolista do Benfica. Ruben Amorim, que segunda-feira vai concentrar-se no estágio dos bês, estranha a situação mas mostra-se confiante em poder vir a entrar nas contas de Carlos Queiroz.
 

Sobre a ausência dos encarnados na equipa das quinas salienta: "Não é normal mas são as escolhas do nosso selecionador. A nós resta-nos continuar a trabalhar e esperar pela nossa oportunidade. De momento só posso ficar a torcer pela vitória de Portugal".



© ActionImages

 

Elogios a Jorge Jesus


O ex-belenense não esquece o seu treinador na última temporada. Ruben Amorim garante que é muito exigente consigo mas sublinha o seu percurso no Restelo: "Devo muito a Jorge Jesus. A seguir a mim foi o homem que me pediu sempre mais trabalho, a única coisa que posso dizer a seu respeito é que é um grande técnico".

Jorge Jesus é frequentemente sugerido como hipótese para orientar um grande. O médio enaltece as capacidades do bracarense e só não consegue explicar as razões por que o técnico ainda não deu o salto.
 

In: Record

(adaptado)

publicado por Frederica às 18:00
link do post | comentar