Benfica carimba no gelo passagem em primeiro lugar


 

© Daylife

 

 

Um golo de Saviola, no arranque da segunda parte, desbloqueou a apatia do Benfica e permitiu às águias garantirem o primeiro lugar no grupo I da Liga Europa. O Benfica já está nos 16-avos de final da competição.

Com Pablo Aimar e Di Maria no banco de suplentes – Jesus optou por dar descanso a dois dos principais municiadores do ataque encarnado – o Benfica entrou para a partida com alguma dinâmica, mas cedo se deixou adormecer.

Durante a primeira parte, a melhor ocasião para os encarnados pertenceu a Cardozo que, isolado, não fez melhor do que um remate frouxo para defesa fácil de Veremko.

A melhor oportunidade do primeiro tempo acabou, no entanto, por pertencer ao Bate Borisov. Foi num livre directo que Krivets rematou a bola ao poste da baliza de Júlio César. Um sinal de perigo que acabou por dar origem à transformação benfiquista.

Ao intervalo, Jesus afinou alguns pormenores, e obrigou os seus jogadores a aumentarem a pressão e o ritmo de jogo. Os resultados surgiram mesmo antes de serem visíveis os resultados das alterações.

Foi logo na primeira jogada da segunda-parte que Saviola conseguiu introduzir a bola na baliza de Veremko, depois de boa jogada que envolveu Fábio Coentrão e Felipe Menezes.
 

 

© Daylife


Aos 62 minutos, Fábio Coentrão ampliou a vantagem com um bom remate de pé-esquerdo, após combinação com Saviola.

Já em 4-3-3, em vez do 4-5-1 com que iniciou a partida, o Bate marcou aos 68 numa infelicidade de Miguel Vítor. Num lance aparentemente inofensivo, um avançado do Bate toca a bola para o lado e esta bate em Miguel Vítor e muda de direcção, parando apenas no fundo da baliza.

Com Pablo Aimar em campo, o Benfica tornou-se mais perigoso e apesar da busca incessante dos bielorrussos, acabou por ser o número 10 argentino a ter uma excelente oportunidade para marcar.

Com esta vitória o Benfica garante a vitória no grupo, uma vez que ganhou os dois jogos ao Everton, que é a única equipa que ainda pode igualar os 12 pontos das águias.

Desta forma, as águias evitam jogar nos 16-avos de final com as equipas que baixam da Liga dos Campeões.

In: A Bola

 

© Daylife

 

BATE Borisov: Sergei Veremko; Aleksandr Yrevich, Sergei Sosnovski, Artyom Radkov, Maksim Bordachov; Aleksrandr Volodko, Dmitri Likhtarovich, Aleksandr Pavlov, Pavel Nekhaychik; Sergei Krivets, Vitali Rodionov.
Ainda jogaram: Aleksandr Alumona (Aleksandr Pavlov, 56min), Maksim Skavysh (Dmitri Likhtarovich, 61min), Hovannes Goaryan (Vitali Rodionov, 79min).
Golos: Miguel Vítor (69min, p.b.)
Cartões Amarelos: Maksim Bordachov (70min), Pavel Nekhaychik (80min).
Cartões Vermelhos: -

 

Benfica: Júlio César; Maxi Pereira, Miguel Vítor, David Luiz, César Peixoto; Javi García, Ramires, Fábio Coentrão, Felipe Menezes; Saviola, Cardozo.
Ainda jogaram: Aimar (Saviola, 68min), Di María (Fábio Coentrão, 79min), Ruben Amorim (Maxi Pereira, 90+2min).
Golos: Saviola (46min), Fábio Coentrão (63min).
Cartões Amarelos: David Luiz (31min), Ramires (84min).
Cartões Vermelhos: -

 

  • Avaliações

 

© Isabel Cutileiro 

 

"Nem teve tempo para aquecer. (0)", In: Record

 

"Sem tempo para se mostrar. (-)", In: O Jogo

publicado por Frederica às 18:31
link do post | comentar