Quique Flores mostra o jogo

  • Antevisão

 

A semana gerou a dúvida: quem vai para o banco? Nuno Gomes, Aimar ou Ruben Amorim? As combinações apresentadas por Quique Flores no treino de ontem indiciam que o sacrificado para o dérbi poderá ser Nuno Gomes, ele que é o único ponta-de-lança disponível para a recepção posterior ao Nápoles e, assim, gozaria amanhã de uma espécie de protecção. O treinador espanhol pode ainda promover o regresso de Katsouranis ao eixo da defesa.

 

 

Amorim na ala direita para faz 100 jogos

 

Quererá o destino que o ex-Belenense Ruben Amorim, formado na Luz, faça o centésimo jogo na Liga pelo clube de infância diante do grande rival. A avaliar pelas últimas exibições e pelos testes de Quique ontem na Luz, Ruben deverá manter a titularidade na ala direita, conferindo assim maior capacidade no jogo interior e apoio defensivo à dupla formada por Yebda e Martins. O médio tem revelado estar mais habituado ao lugar, ele que no Belenenses actuava preferencialmente ao centro.

 

Com Reyes na outra ala, mais ofensivo, Amorim fica destinado a emprestar equilíbrios, tanto ao médios-defensivos como a quem joga perto de Cardozo. Mesmo nesse papel, soube solicitar Nuno Gomes no segundo golo em Paços de Ferreira e ainda demonstrou, no penálti, que também sabe ir à linha quando é necessário.

publicado por Frederica às 19:31
link do post | comentar