Ia para o Algarve, mas foi parar à África do Sul

  • Reportagem - Mundial 2010


 

 

Quando acordou ontem de manhã, não passava pela cabeça de Ruben Amorim que à tarde iria estar no aeroporto de Lisboa a embarcar para Joanesburgo, na África do Sul. É verdade que o jogador benfiquista começou logo cedo a fazer as malas, mas para ir para o Algarve. E o dia até era de festa para a família, pois foi ontem o aniversário da sua mãe, Anabela, com quem deveria ir, da parte da tarde, de férias para o Sul, juntamente com o irmão, Mauro.

 

Um telefonema a meio da manhã mudou tudo na vida de Ruben Amorim, e foi vê-lo, ainda confuso e frenético, a tirar os calções de praia da mala, já quase feita, e a colocar outras roupas e objectos, mais adequados à sua primeira participação num Mundial de futebol. O JOGO sabe que foi tudo muito à pressa e que o atleta quase nem teve tempo de se despedir dos familiares.

 

A Federação tratou de informar primeiro o Benfica e depois ligou para o jogador, embora não tenha sido Carlos Queiroz o autor do telefonema. Também do clube encarnado ligaram a avisar Rúben Amorim e, naturalmente, a felicitá-lo.

 

Ruben Amorim nunca fora chamado para os trabalhos da Selecção Nacional A - tinha experiência apenas nos sub-19, sub-21 e Selecção B -, tendo, no entanto, sido um dos 50 jogadores pré-convocados por Carlos Queiroz para este Campeonato do Mundo. A lista foi depois reduzida, e o jogador encarnado acabou por ficar de fora, tal como Rui Patrício, João Moutinho, Manuel Fernandes, Eliseu e Makukula. Apenas Zé Castro continuou com o grupo, até à partida para a África do Sul.

 

Esta época, a sua segunda no Benfica, Rúben Amorim foi utilizado num total de 36 jogos por Jorge Jesus (24 na Liga, dez na Liga Europa e dois na Taça da Liga), tendo apontado três golos no campeonato e um na Taça da Liga.

 

Jogador ficou eufórico

 

O jogador não estava mesmo a contar com a chamada e ficou eufórico. Aliás, vinha fazendo algum trabalho físico de manutenção, mas dentro do normalmente programado pelo Benfica, apenas para não ganhar peso e manter a forma, nunca pensando que iria ser chamado de urgência à Selecção Nacional.

 

O médio, de 25 anos, chegara na passada sexta-feira de uma semana de férias no Dubai com o seu grande amigo e companheiro de equipa David Luiz. No domingo, marcou presença, em Cascais, no casamento de Bruno Simão, seu ex-colega no Belenenses, e hoje, no dia de anos da mãe, com quem tem uma relação muito próxima, iria partir para mais uma semana de férias para o Algarve. Afinal seguiu para a África do Sul...

 

In: O Jogo

publicado por Frederica às 18:06
link do post | comentar