Ruben Amorim faz de Javi García

  • Antevisão - Liga Sagres

 

 

© Isabel Cutileiro

 

Ruben Amorim é, neste momento, o grande candidato a jogar no lugar habitualmente ocupado por Javi García, suspenso por 2 jogos, devido ao sumaríssimo instaurado após o encontro entre o Benfica e o V. Guimarães. O espanhol, de 23 anos, vai falhar a deslocação a Matosinhos, no próximo sábado, e a receção ao Paços de Ferreira, marcada para 7 de março e o sucessor do ex-Real Madrid no onze parece estar encontrado, apesar de existirem outras opções válidas no grupo benfiquista.

 

Uma delas é Airton. O brasileiro, de 20 anos, foi contratado ao Flamengo no mercado de inverno e, ao contrário do que aconteceu com os compatriotas Kardec e Éder Luís, que chegaram na mesma altura, ainda não teve oportunidade de se estrear de águia ao peito. Mais: o médio não chegou sequer a sentar-se no banco de suplentes, apesar de já ter integrado convocatórias para alguns encontros.

 

Amorim tem clara vantagem sobre o companheiro de equipa. Aliás, Jesus não esconde a admiração que por ele nutre, até por se tratar de um elemento que pode desempenhar várias funções em campo. Além de jogar na ala direita, seja na defesa ou no meio-campo, o português, de 25 anos, tem ainda características para atuar à frente do quarteto defensivo, sendo isso que lhe está reservado para os próximos desafios.

 

Rara aparição

 

Airton tem as características certas para render Javi, mas, para já, deverá apenas sentar-se no banco de suplentes. Jogar, isso, deverá ficar para depois. O médio-defensivo só uma vez se mostrou a Jesus e num jogo-treino, frente ao Fátima.

 

Note-se que mesmo Kardec e Éder Luís foram utilizados na Liga Intercalar, como aconteceu a 6 de janeiro, frente ao Mafra, ao contrário de Airton, que não foi opção.

 

Os adeptos continuam, assim, a aguardar pela hora de verem o canarinho em ação. Mas ainda não será desta. Amorim está na frente nesta corrida ao lugar de Javi, que só regressa aos relvados para a Liga Europa a 11 de março. No campeonato, o espanhol só pode jogar dia 14, frente ao Nacional, na Choupana.

 

In: Record

publicado por Frederica às 18:48
link do post